Encontra-se em: Panda Security > Usuarios Domésticos > Soporte > Preguntas Frecuentes - Panda Security
Worms

Worms 

Outra categoria adaptada para servir a nova dinâmica do malware, contribuindo para a criação massiva de botnets.

O que são os Worms?

São programas que geram cópias de si próprios em diversos locais num computador infectado. O objectivo deste tipo de malware é por norma saturar os computadores e redes, impedindo o seu correcto funcionamento. Ao contrário dos vírus, os worms não infectam ficheiros. Exploram vulnerabilidades das aplicações e das redes de comunicações para se propagarem, e não necessitam de intervenção das vítimas para se executarem

O que provocam?

O principal objectivo dos worms é propagarem-se e infectar o maior número de computadores possível. Para tal, criam cópias deles próprios nos computadores infectados, que se distribuem para outros computadores através de diversos canais possíveis, destacando-se os e-mails, os programas de partilha de ficheiros por redes P2P e de instant messaging.

Os worms utilizam com frequência técnicas de engenharia social, isto é, utilizam nomes atractivos para camuflar os ficheiros suspeitos, normalmente associados a individualidades famosas, software pirata, conteúdos de cariz sexual e temas da actualidade, sempre tentando despertar a curiosidade dos utilizadores.

A utilização deste tipo de técnicas aumenta significativamente em épocas festivas ou de celebração, como o Dia dos Namorados, o Natal e o Halloween.

Evolução

Os worms têm vindo a adaptar-se à nova dinâmica do malware. Inicialmente, eram desenvolvidos essencialmente para demonstrar as capacidades de programação dos seus criadores, e como tal eram desenvolvidos para se propagar de forma massiva e pouco discreta infectando computadores por todo o mundo.

Actualmente, os worms têm objectivos financeiros e são utilizados para criar botnets massivas que controlam milhares de computadores em todo o globo. Os ciber-criminosos conseguem assim transmitir ordens e comandos aos computadores infectados para enviarem spam, lançar ataques de negação de serviços e transferir ficheiros maliciosos. O Conficker, o Gaobot ou Sdbot são alguns dos mais conhecidos exemplos deste tipo de worm. Os worms são hoje em dia, o terceiro tipo de malware com maior circulação:

Actualmente, existem milhares de computadores a ser utilizados como zombies sem os seus proprietários se aperceberem. Os computadores comprometidos podem ser utilizados normalmente sem os utilizadores se aperceberem da infecção, e apenas em determinadas acções realizadas pelos hackers à distância, se poderá notar alguma redução do desempenho, embora sem que aparentemente o utilizador suspeite de infecção.

Como se proteger?

Existem diversas medidas básicas que os utilizadores devem adoptar para garantir que os computadores se mantêm protegidos contra worms:

  • Analisar quaisquer ficheiros potencialmente suspeitos com uma solução antivírus.
  • Manter o programa antivírus actualizado. Caso não tenha um antivírus, poderá instalar qualquer uma das soluções da Panda Security para usufruir de protecção completa contra estas e outras ameaças.
  • Execute uma análise antivírus gratuita do seu computador para confirmar se está livre de worms.
  • Transfira e instale todas as actualizações disponibilizadas pelos principais fabricantes de software para correcção de vulnerabilidades e falhas de segurança.
  • Mantenha-se informado acerca das últimas ameaças e técnicas utilizadas pelos hackers.

Antivirus 2010